" Ide por Todo Mundo e Pregai o Evangelho a Toda Criatura "

Marcos 16.15
Carregando...

Prosseguindo para o alvo!

Confira todas as Fotos do acampamento 2012

“Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, 14 prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”(Filipenses – 3.13 -14)


Um dos temas predominantes da carta de Paulo aos Filipenses é a alegria. Embora estivesse preso em Roma (Cf Atos 28), Paulo estava alegre, pois estes irmãos apoiaram o seu ministério com orações, contribuições e com um bom testemunho, e isso serviu de encorajamento para Paulo. O capítulo que estamos considerando, Paulo falando dessa alegria, exorta a igreja a continuar fiel ao Senhor. O apóstolo, de forma bem madura, consciente e humilde, observa que a caminhada cristã deverá ser em busca, passo a passo, para a perfeição, ou seja, a santificação proposta a cada um de nós. Assim vemos que…


A vida cristã é uma busca constante da perfeição! E para alcançarmos o "Alvo”:

1)Devemos esquecer as coisas do passado (v.13b)

“...esquecendo-me das coisas que para trás ficam...” Alguns irmãos (ãs) tem dificuldade de caminhar, prosseguir, avançar porque estão presos ao passado. O mesmo serve apenas para buscarmos “elementos” bons que nos lancem, nos impulsionam aos nossos objetivos. Outros se vêem presos as “coisas” antigas como: pecados, lembranças, perdas, desilusões, decepções, e outras, que são como “âncoras” que impedem de seu barco ir à frente rumo ao horizonte das bênçãos e vitórias para cada um de nós.

Esse velho homem foi crucificado com Cristo“sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos;” (Rm 6.6) – Esse velho homem vivia no engano de suas paixões: “…vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano,” (Ef 4.22)

Aplicação: Amados, não se deixem ficar presos ao passado. Viva o presente e creia que o futuro está sendo preparado por Deus. O texto ainda nos mostra que, para alcançar o alvo:

2)Devemos avançar para as coisas que diante de nós estão (v.13c)

“...e avançando para que as que diante de mim estão...” – A vitória de Josué viria, mas ele não poderia perder o alvo, pois assim teria a vitória: “Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.” (Js 1.7)


Uma postura que glorifica a Deus – Essa postura deve ser de conquista, independente das dificuldades que nos possam advir. Na famosa seleção de Gideão (Juízes 7.3), o primeiro perfil a ser desconsiderado para fazer parte do exército de Deus era ser “tímido e medroso”. Não foi por quantidade (somente 300 homens), mas foi na força de Deus.

Não podemos temer antes mesmo de qualquer luta! Alguns irmãos (ãs) sofrem por antecipação quando é de Deus há vitória! O crente pode até perde um “round”, contudo a luta não chegou ao fim e a vitória é nossa pelo sangue de Jesus!

E por fim, para alcançar o alvo:

3)Devemos buscar o prêmio Glorioso (v.14)

“...prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” – Para os que trabalham no final de mês ou do serviço temos um salário, para os que estudam no final da prova vem a aprovação, para os que têm a sua vida pautada na palavra de Deus irão alcançar bênçãos. Está reservado para nós um prêmio, uma dádiva, uma graça de Deus, todavia só irão alcançar aqueles (as) que subirem os “degraus”. Tem muita gente dando um passo maior que a “perna”! Querem bênçãos, vitórias, graças de Deus, entretanto não querem nada com consagração, renúncia, compromisso, fidelidade (a denominação, aos dízimos e ofertas, pastores, lideranças, etc.).

Conclusão e aplicação final: “Prosseguindo para o alvo” - Para alcançarmos este “alvo” devemos esquecer as coisas que para traz ficaram, abandonar o velho homem e nos revestir do novo. Precisamos avançar para as coisas que Deus tem colocado em nossa vida, sem medo confiante nEle. E por fim, devemos anelar o prêmio perfeito que é gloriosa graça de Cristo. A ele toda honra e glória!

ibfarol

Missões Nacionais

Missões Mundiais

Radical

Missões no Orkut

Adoção Missionária

Intercessão

UBE

UBE
União de Blogueiros Evangélicos

Seguidores

Estatísticas